terça-feira, 4 de julho de 2017

Opinião!!!!


Preocupante a propagação da divisão entre homens e mulheres pretas. Os nossos ancestrais foram prisioneiros das guerras mais genocidas da história da humanidade, cujas consequências devastadoras resultaram na pilhagem, apropriação das riquezas da África, sequestro e escravidão de milhões de africanos, coisificação, estupros por homens brancos, imposições de religiões eurocêntricas, entre outras mazelas. Uma geração psicologicamente afetada pela desumanidade dos seus algozes, atualmente a nossa autocura ocorre com a união de mulheres e homens pretos.
As resistências dos escravizados nas Américas fluíram da união de mulheres pretas e homens pretos. Continuamos com o genótipo resultante do amor preto.
Não devemos aceitar a divisão do nosso povo no enfrentamento de gênero, como não aceitamos e reprovamos toda a violência contra as nossas irmãs, porque traz o desequilíbrio para o nosso povo. Quem assim agir deve ser severamente punido pelas leis vigentes e reprovado em todas as esferas da nossa comunidade.
Nós só conseguiremos vencer o racismo quando a nossa luta for igual a uma roça de candomblé, as energias femininas e masculinas atuam de forma equitativa para o equilíbrio da vida.


Walter Passos




Nenhum comentário:

Postar um comentário