sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

3º Concurso Miss Afro Feira de Santana, encerra inscrições para a 3ª edição.

Ás 17:00 horas de ontem (14/02), foram encerradas as inscrições para a 3ª edição do Concurso Miss Afro Feira de Santana, com 51 candidatas inscritas, o Miss Afro Feira de Santana se consolida de fato como o principal evento de exaltação a beleza da mulher negra feirense, onde o foco central é a conscientização  através  de rodas de conversa, palestras, oficinas e um mini curso sobre a historia da cultura afro brasileira fazendo jus ao que as candidatas das edições 2017 e 2018 afirmam. "O Miss Afro Feira, é mais um curso do que um concurso"
51 mulheres negras é um numero deverasmente significante em se tratando de uma cidade como Feira de Santana. Ano passado tivemos 123 candidatas mas sabíamos que esse numero não correspondia com a nossa realidade tendo em vista a quantidade que desistiram no decorrer do concurso. O Miss Afro Feira de Santana não é um congenere á muitos concursos de beleza que existem, onde prevalece apenas a beleza estética, não temos nada contra e inclusive achamos necessário esse tipo de concurso, mesmo que quase sempre não vemos melanina preta como vencedora. Porém o Miss Afro vai mais além, buscando desenvolver nessas mulheres que genética e ancestralmente  já são lindas, a conscientização a respeito dessa sua ancestralidade, seus direitos como cidadã, e a valorização das suas conquistas na sociedade. Além de discutir assuntos como feminicidio, doenças sexualmente transmissíveis e doenças que afetam a população negra feminina. 
Acreditamos que as 51 inscritas fogem da realidade de uma cidade racista, machista, preconceituosa, homofóbica, gordofóbica e intolerante. Demonstrando exatamente o inverso, e principalmente se assumindo como mulheres negras e dignas representantes da afrodescendência que apesar de invisibilizada, existe sim, em Feira de Santana. a exemplo das candidatas que participam do Miss Afro desde a sua primeira edição, em 2017 e estão conosco novamente.
Desejamos a todas boa sorte e um excelente aprendizado, ao mesmo tempo em que agradecemos pela confiança e por não terem deixado se contaminar pela branquitude que nos ronda.
REPRESENTATIVIDADE, IMPORTA SIM!